Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13187
Título: Paternidade e geratividade na transição para a parentalidade
Autor: Soares, Diogo Albano Mendes
Orientador: Raguso, Fabrizia
Palavras-chave: Envolvimento Paterno
Geratividade
Tarefas Desenvolvimentais
Generativity
Father Envolvement
Developmental Tasks
Data de Defesa: 17-Out-2012
Resumo: A presente investigação qualitativa teve como objectivo perceber o envolvimento paterno e a geratividade do casal na transição para a parentalidade. Realizou-se um estudo de análise de conteúdo categorial com oito jovens casais que se encontravam no último trimestre de gestação, através de uma entrevista conjugal baseada na Entrevista Clínica Geracional (ECG). Os resultados sugerem que falar sobre o envolvimento paterno implica, primeiro, perceber o seu desejo precoce de ser pai e integrar os sentimentos contraditórios, sobretudo, a alegria e preocupação. Posteriormente, terá de aceitar o filho, imaginá-lo e procurar estabelecer uma relação com ele. Quando isso acontece, o pai fica à espera, integra o seu lugar indirecto de suporte à esposa e procura uma forma sua de assistir o filho. Simultaneamente, nesta transição acontecem múltiplas redefinições na identidade, não só do pai mas também do casal. De facto, antes do nascimento do filho, o casal forma-se, e só depois amadurece o desejo de serem pais. A gravidez vem associada a desejos, vivências e transmissões que pretendem passar à nova geração. Para além disso, a transição implica tarefas desenvolvimentais específicas enquanto homem e mulher, enquanto pais, enquanto filhos e enquanto membros de uma comunidade social. Este estudo veio reforçar a importância de se continuar a investigação nesta área da parentalidade e levantou questões para aprofundamento em investigações futuras.
This qualitative research aimed to understand father involvement and generativity of the couple in the transition to parenthood. We conducted a study of categorical content analysis with eight young couples who were in the last trimester of pregnancy through a marital interview based on the Clinical Interview Generational (ECG). The results suggest that talking about parental involvement implies, at first, to realize his early desire to be a father and to integrate the contradictory feelings, above all, joy and worry. Later, he will have to accept the child, imagine him and try to establish a relationship with him. When this happens, the father awaits, integrates his indirect place of support to his wife and searches for a way to support his son. Simultaneously, in this transition, multiple redefinitions of identity happen, not just to the father but also to the couple. In fact, before the birth of the child, the couple is formed, and only afterwards mature the desire to become parents. Pregnancy is associated with desires, experiences and transmissions that they wish to pass to the next generation. In addition, the transition implies specific developmental tasks as man and woman, as parents, as children and as members of a social community. This study reinforces the importance of keeping up the research in the area of parenting, and raised questions for future investigations to dig deeper.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13187
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FF - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Diogo.pdf4,56 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.