Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13185
Título: A filosofia política em Paul Ricoeur : um olhar a partir do paradoxo político
Autor: Garcia, Clemente Delgado
Orientador: Brito, José Henrique Silveira de
Palavras-chave: Ética
Filosofia Política
Paradoxo Político
Poder Político
Autonomia
Estado de Direito
Ethics
Political Philosophy
Political Paradox
Political Power
Autonomy
Rule of law
Data de Defesa: 16-Jul-2012
Resumo: Este trabalho gira em torno da filosofia política de Paul Ricoeur, tendo, como foco principal, a compreensão do conceito de Paradoxo Político. Nas palavras de Paul Ricoeur, é preciso pensar conjuntamente quer a racionalidade quer a irracionalidade do político, porquanto racionalidade específica, mal específico, tal é a dupla e paradoxal originalidade do político. Neste sentido, cabe à filosofia política a tarefa de explicitar esta originalidade e elucidar o seu carácter paradoxal. Reflecte-se, igualmente, sobre o funcionamento do poder político, a sua autonomia, e questões de grande actualidade que o preocuparam, tais como, a fragilidade da democracia e o Estado de Direito, existentes na praxis actual bem como os eventuais abusos do poder. Segundo Ricoeur, o mal-estar actual das democracias deve-se essencialmente ao facto de que a soberania do Estado se tornar, no seu próprio seio, indecifrável em virtude da complexidade das esferas de pertença que governam a sociedade civil. Nesta Perspectiva, o projecto político-filosófico do pensador francês, afigura-se fundamental para iluminar a reflexão sobre o paradoxo político e a problemática do poder.
This work revolves around the political philosophy of Paul Ricoeur, having, as its main (principal) focus, the understanding of the concept of the political paradox. In Ricoeur’s view, it is necessary to think jointly, the rationality and the irrationality of the politician, for how much specific rationality, badly specific; such is the double and paradoxical originality of the politician. In this sense, political philosophy has a task of explaining this originality and elucidating its paradoxical character. It equally reflects on the function of the political power, its autonomy, and questions of great actuality such as those which concern the fragility of democracy and the rule of law, existing in the actual practice (praxis) as well as the eventual abuses of power. According to him, the actual bad state of the democracies, essentially, should be due to the fact that the sovereignty of the State if it turns, in its proper womb, insoluble, in virtue of the complexity of the spheres of belonging that governs the civil society. In this perspective, the politico-philosophical project of the French thinker, unfolds, fundamentally (basically) to illuminate the reflection on the political paradox and the problem of the power.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13185
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FF - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese de mestrado em filosofia final.pdf1,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.