Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/12893
Título: Qualidade de Vida e Saúde Mental em consumidores de drogas: Que relação?
Autor: Seabra, Paulo
Amendoeira, José
Sá, Luís
Palavras-chave: Qualidade de vida
Enfermagem
Saúde mental
Resultados em saúde
Quality of life
Mental health
Nursing
Health outcomes
Data: 15-Jun-2013
Editora: Sociedade Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental
Citação: SEABRA, Paulo [et al.] - Qualidade de Vida e Saúde Mental em consumidores de drogas: Que relação?. Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental. ISSN 16472150. Junho 2013. nº9. p.21-28
Resumo: A forma como cada pessoa que consome drogas vive no dia-a-dia é algo que deve ser particularmente percebido pelos profissionais de saúde, pois, assim, estarão melhor preparados para atender às necessidades de saúde desta população. Neste estudo analisamos a relação entre a Qualidade de Vida e a Saúde Mental numa amostra aleatória sistemática de 180 dependentes de opiáceos, integrados num programa de manutenção com metadona e que aceitaram responder às questões formuladas a partir de dois instrumentos: Escala de avaliação da qualidade de vida nos consumidores de substâncias em programa de substituição com metadona e outro que nos permite avaliar a saúde mental – o Mental Health Inventory-5. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, correlacional, com uma abordagem transversal. Em termos de escolaridade 31 (17,2%) tinham mais que o 9º ano, situação laboral 55 (30,6%) estavam empregados, 128 (71,1%) mantêm consumos de substâncias e 153 (85%) apresentam algum tipo de comorbilidades. Pela análise dos resultados da utilização dos instrumentos, podemos concluir que esta população consumidora de drogas apresenta valores positivos de qualidade de vida e saúde mental e os que percecionam melhor qualidade de vida tem melhor saúde mental.
The way each addict lives in day to day life, is something that should be particularly perceived by caregivers because they will be better prepared to care for. Sometimes the prior construction by the health technicians that drug users have poor quality of life and poor mental health can removes them from their perception of the other goals. Therefore, we must revisit these subjective concepts and evaluate how each one perceived and self assess their status in determining time. We analyzed the relationship between quality of life and mental health perception, in a systematic random sample of 180 opiate addicts, integrated into a methadone maintenance program and accepted to answer formulated question from two instruments. We use a tool that allows us to evaluate the quality of life self perception - Quality of life evaluation in drug addicts in methadone substitution program scale (Pacheco, Murcho, & Jesus, 2005) and the mental health assessment - MHI-5 (Mental Health Inventory 5) (J Ribeiro, 2001). It is a quantitative, descriptive, and correlational cross-sectional study. The mostly population male (n = 132, 73.3%), with a mean age of 41.06 (SD = 7.58), in terms of education 31 (17.2%) had more than 9 years, employment status 55 (30.6%) were employed, 128 (71.1%) maintain drug consumption and 153 (85%) have some type of comorbidities. The Quality of life result was Md = 67 (P58-73) the equivalent to 76.8% on a scale with a range of 21-84 and Mental Health was Md = 19 (P15,2 -23) equivalent to 53.52% on a scale with a range of 5-30. Using the Spearman test a moderately positive significant correlation was obtained (r = 342, p <0.001). We conclude that this drug addict population has quality of life and mental health positive values and those who have a better quality of life perception have better mental health.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/12893
ISSN: 1647-2160
Versão do Editor: http://www.scielo.gpeari.mctes.pt/scielo.php?pid=S1647-21602013000100004&script=sci_arttext
Aparece nas colecções:ICS(L) - Artigos em revistas nacionais com Arbitragem / Papers in national journals with Peer-review
ICS(P) - Artigos em revistas nacionais com Arbitragem / Papers in national journals with Peer-review

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2013_Seabra_RSPESM_QUALIDADE DE VIDA E SAÚDE MENTAL EM CONSUMIDORES DE.pdf172,1 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.