Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/12541
Título: Optimização da anamnese em medicina dentária
Outros títulos: Anamnesis optimization in dentistry
Autor: Esteves, Hélder
Suárez Quintanilla, José Maria
Palavras-chave: Antecedentes pessoais
Risco médico
EMRRH
Medicamente comprometido
ASA risco
Anamnese
Questionário de saúde
Tratamento dentário
Antecedent
medical risk
medically compromised
ASA risk
anamnesis
health questionnaire
oral care
Data: 2011
Editora: UCEditora
Citação: ESTEVES, Hélder; Suárez Quintanilla, José Maria – Optimização da anamnese em medicina dentária = Anamnesis optimization in dentistry. Cadernos de Saúde. Lisboa. ISSN 1647-0559. 4:2 (2011) 47-56
Resumo: O aumento da esperança de vida das populações, aliada à globalização, a alterações nutricionais e à melhoria significativa nos cuidados de saúde, tem provocado, nos últimos tempos, uma mudança no perfil dos pacientes que procuram tratamento médico -dentário. A anamnese desempenha um papel cada vez mais relevante na clarificação do estado de saúde do paciente. A forma mais eficaz de evitar perda ou incorrecções de informação na relação médico -paciente consiste na conjugação adequada da comunicação verbal durante a consulta, com a utilização de questionários médicos normalizados, como o European Medical Risk Related History (EMRRH). O propósito deste estudo consistiu na utilização do questionário EMRRH integrado no ficheiro clínico informatizado para a determinação do perfil e risco médico de uma população que acorre às consultas de Medicina Dentária solicitando tratamento. A amostra foi constituída por 1338 pacientes, maiores de 18 anos, que solicitaram tratamento na Clínica Dentária da Universidade Católica Portuguesa em Viseu e que voluntariamente aceitaram participar neste estudo. A média das idades dos pacientes foi de 43,2 ± 16,9 anos e do total, 39,4% referiram dois ou mais antecedentes pessoais e/ou medicações. Os três antecedentes pessoais mais frequentemente referidos foram: 1) lipotimia – 30,9%; 2) hipertensão – 18,8%; 3) alergia – 6,9%; Relativamente à medicação observou -se: a) antidepressivos, ansiolíticos e hipnóticos – 13,6%; b) anti -hipertensivos 12,9%; c) redutores do colesterol e triglicerídeos – 6,0%. Os pacientes sem risco médico (ASA I) totalizaram 46%, os ASA II – 41,8%, os ASA III – 7,5% e os ASA IV – 4,6%. Este estudo reforça a importância da anamnese minuciosa muitas vezes esquecida ou subvalorizada. A elevada prevalência encontrada de pacientes com risco médico ASA II, ASA III e ASA IV, deve ser objecto de estudo sistemático e alargado. A utilização do questionário em suporte informático, simplifica a aquisição dos dados clínicos, identifica e cria automaticamente o alerta do risco médico ASA de cada paciente, uniformiza a comunicação entre os profissionais de saúde oral e poupa tempo
ABSTRACT - Recently, in developed countries, dental patient profile has been changed due to the increased of population mean age, health care improvements, globalization, nutritional and socioeconomic modifications. Therefore, the anamnesis should be empathized for getting patient information about his health status. The most effective way, was through direct conversation combined with standardized questionnaires, as EMRRH. The purpose of this study was to check the profile and medical risk of a population who attend dental care, using the EMRRH integrated in the clinical dental record software. The data was collected from 1338 patients older than 18 years that attend dental care at Dental Clinic of Portuguese Catholic University in Viseu. The mean ages was 43,2 ± 16,9 years and from all 39,4% referred two or more antecedents and/or medication. The three most prevalent antecedents found were: 1) lipothymies – 30,9%; 2) hypertension – 18,8%; 3) allergies – 6,9%; Related with medications: a) antidepressant, anxiolytic and hypnotic – 13,6%; b) antihypertensive – 12,9%; c) cholesterol -lowering and triglycerides -lowering – 6,0%. The patients without medical risk were 46%, those with ASA II were 41,8%, ASA III 7,5% and ASA IV were 4,6%. This study emphasizes the importance of a detailed anamnesis in oral care, often overlooked. The high prevalence of patients with antecedents observed should be continuous studied and expanded to verify the changes through the time. The use of the electronic questionnaire (EMRRH) facilitates clinical data acquisition, provides an automatic warning with the ASA medical risk of each patient, standardizes professional communication and saves time.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/12541
ISSN: 1647-0559
Aparece nas colecções:RCS - 2011 - Vol. 004 - Nº 02

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CSaude_4-2 (5).pdf357,16 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.