Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/11932
Título: A ascensão da classe média brasileira
Autor: Pinto, Rita Amado Santos
Orientador: Silva, Susana Costa e
Data de Defesa: 11-Mar-2013
Resumo: A crise económica mundial afectou muito o negócio das empresas. Os rendimentos familiares começaram a sofrer grandes cortes, o poder de consumo das famílias diminuiu e a qualidade de vida começou a decrescer. Com isto as empresas viram-se obrigadas a investir em novos mercados, expandido assim o seu negócio para países com economias emergentes, nomeadamente para o Brasil. Para as empresas em particular, o Brasil tornou-se uma nova oportunidade de negócio lógica e apetecível. Em 2011 foi considerada a sexta maior economia do mundo e a maior da América Latina. As reformas económicas e o desenvolvimento de políticas sociais foram os grandes responsáveis pelo registo das elevadas taxas de crescimento da economia brasileira. Nos últimos anos, o Brasil deparou-se com um fenómeno que tem originado bastante discussão entre diversos economistas e socialistas – a ascensão da classe média brasileira. Sabe-se que nos últimos 10 anos cerca de 35 milhões de pessoas entraram na classe média, levando assim um total de 104 milhões de brasileiros, com rendimentos entre R$ 291 e R$ 1019. Estes novos aderentes com maiores rendimentos passam a melhorar de vida, a ter novos hábitos de consumo e a gastar mais. É neste facto que as empresas se devem focar, procurando entender o que este novo público deseja e ambiciona. Os grandes objetivos do estudo são: 1º - Comprovar que a classe média brasileira constitui uma boa oportunidade de negócio para as empresas; 2º - Compreender o que a classe média brasileira procura no mercado; 3º - Descrever quais as melhores formas de satisfazer esta procura, por parte das empresas. Pretende-se assim, entender qual será a melhor forma de uma empresa, lidar com as novas oportunidades apresentadas pela classe média brasileira. Neste contexto, o presente trabalho procura observar quais os gostos e preferências de um consumidor brasileiro de classe média, para que se possa realizar assim um levantamento das melhores estratégias de marketing. Para que se possam cumprir com os objetivos propostos serão conduzidas entrevistas a cidadãos brasileiros de classe média, procedendo-se assim uma análise qualitativa dos dados recolhidos. Os resultados desta análise permitiram concluir que a classe média brasileira constitui efectivamente uma boa oportunidade de negócio para as empresas, tratando-se se um target consumista, exigente e ambicioso. Os indivíduos de classe média brasileira gostam de ser tratados com respeito e atenção, valorizando bastante o atendimento nas lojas. Estes consumidores começam a desejar produtos/serviços que nunca tiveram acesso, como máquinas de lavar, telemóveis, computadores, internet e serviços privados em relação à educação e saúde. Para além disto, concluiu-se que a melhor forma de uma empresa lidar com um consumidor brasileiro de classe média é apostando na qualidade dos produtos/serviços. Na formação dos colaboradores, estes devem ser educados, informados e competentes. Na forma de pagamento disponibilizada, é importante oferecer todas as possibilidades de pagamento a este grupo social desde o pagamento com cartão de crédito até ao cheque.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/11932
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FEG - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE.pdf1,5 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.