Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/11544
Título: Modelo de avaliação externa das escolas: para além do espelho
Autor: Matias Alves, José
Vieira, Ilídia
Veiga, João
Machado, Joaquim
Amorim, José Pedro
Palavras-chave: Modelo de avaliação externa
Participação
Autorreflexão
Implicação
Melhoria
Data: 2012
Editora: Universidade Católica Editora
Citação: MATIAS ALVES, José …[et al.] - Modelo de avaliação externa das escolas: para além do espelho. Revista Portuguesa de Investigação Educacional. ISSN: 1645-4006. Vol. 12 (2012), p. 151-176
Resumo: O presente artigo decorre da avaliação externa realizada pelo Serviço de Apoio à Melhoria das Escolas (SAME) da Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa ao Colégio Efanor no ano letivo de 2011-12 e tem como principal objetivo a explicitação do modelo de avaliação adotado e dos procedimentos metodológicos desenvolvidos nas diversas fases deste processo. O Colégio Efanor situa-se na freguesia da Senhora da Hora, em Matosinhos, e começou a funcionar no ano letivo de 2008-09. Em 2011-12 encontravam-se a frequentar o Colégio 260 crianças e alunos, distribuídas pela Educação Pré-escolar (110), pelo 1.º Ciclo do Ensino Básico (132) e pelo 2.º Ciclo do Ensino Básico (18). No mesmo ano letivo o corpo docente do Colégio era constituído por sete educadoras de infância, oito professores do 1.º CEB, nove professores do 2.º CEB e catorze professores do currículo local. O referencial adotado baseou-se no trabalho conceptual e empírico realizado por Daniel Stuffl ebeam e no modelo CIPP (Context, Input, Process and Product) de avaliação, tendo-se recorrido a uma metodologia compósita, participada, rigorosa e colocada ao serviço da promoção da melhoria dos processos e resultados. Foram usados diversos métodos que permitiram triangular e validar os resultados obtidos, nomeadamente: análise de conteúdo com recurso ao programa NVivo, entrevistas semiestruturadas, observação de atividades pedagógicas, observação de aulas em todos os anos de escolaridade, realização de painéis semiestruturados com representantes de todos os grupos pertencentes à comunidade educativa e inquéritos por questionário. Os resultados obtidos foram considerados muito valiosos por todos os stakeholders, nomeadamente direção, administração, coordenadores de ciclo de ensino, professores e associação de pais, uma vez que a avaliação funcionou não apenas na lógica de espelho, mas numa lógica de implicação, mobilização e compromisso para uma renovação da ação educativa.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/11544
Aparece nas colecções:FEP - Artigos em revistas nacionais com Arbitragem / Papers in national journals with Peer-review

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Modelo de avaliação externa das escolas para além do espelho.pdf164,51 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.