Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/10917
Título: Satisfação dos enfermeiros face ao estilo de liderança
Autor: Almeida, Ana Carolina Martins Coutinho de
Orientador: Vieira, Margarida
Ribeiro, Olivério de Paiva
Palavras-chave: Liderança
Satisfação Profissional
Enfermeiros
Leadership
Professional Satisfaction
Nurses
Data de Defesa: 10-Jan-2013
Resumo: A liderança tem sido definida de muitas maneiras, cada definição centra-se em diferentes aspectos e tem se modificando ao longo dos tempos. Esta é imprescindível em todas as organizações e consiste numa relação entre o líder e o grupo. A satisfação profissional tem sido alvo de diversos estudos, pela importância que tem em termos individuais, de grupo e sociais. A presente investigação resultou da necessidade de avaliar a satisfação dos enfermeiros relativamente ao estilo de liderança exercido pelo enfermeiro chefe. Neste contexto, desenvolveu-se um estudo quantitativo, transversal analítico-correlacional numa amostra de 105 enfermeiros (100 enfermeiros subordinados e 5 enfermeiros chefes), em que os enfermeiros subordinados são predominantemente do sexo feminino (81%), solteiros (75%), licenciados (95%), com uma média de idades de 28,3 anos, exercendo funções há menos de cinco anos (73%). Os enfermeiros chefes, quatro do sexo feminino e um do sexo masculino, possuem uma média de idades de 46 anos, têm cerca de 23 anos de antiguidade na profissão, 10 anos de experiência de chefia e uma média de 7,4 anos de chefia no serviço onde actualmente exercem funções. O instrumento de colheita de dados teve por base, para além da caracterização demográfica, o Questionário de Liderança em Enfermagem –QLE (Loureiro 2006), aplicado aos enfermeiros chefes, o Índice Descritivo do Trabalho - JDI (Warr e Routledge 1969, traduzido e adaptado por J. Correia Jesuino, L. Soczka, J. Guerreira Matoso 1983) e a Escala de Satisfação com a Supervisão ( adaptada de Munson 2000 por Garrido 2004), aplicados aos enfermeiros subordinados. Os resultados sugerem que 49% dos enfermeiros apresentam valores altos de satisfação com a supervisão e apenas 13% valores baixos ou muito baixos de satisfação com a supervisão. Relativamente à satisfação profissional, 84% dos enfermeiros apresentam alta satisfação profissional. A satisfação menos elevada verifica-se principalmente ao nível da organização como um todo e com os auxiliares de acção médica.Verificou-se que os enfermeiros com chefes orientados para as relações humanas obtêm valores mais elevados de satisfação com a supervisão do que os enfermeiros com chefes orientados para a tarefa. No que se refere à satisfação profissional encontrou-se diferenças estatisticamente significativas ao nível das sub-variáveis auxiliares de acção médica (p=0,015), perspectivas de promoção (p=0,030) e superior imediato (p=0,000). Quanto ao controlo e influência situacional exercido pelo enfermeiro chefe não se verificou relação com a satisfação dos enfermeiros com a supervisão. Relativamente à satisfação profissional verificaram-se diferenças estatisticamente significativas no que respeita à sub-variável superior imediato (p=0,001) e perspectivas de promoção (p=0,022)
Leadership has been defined in many different ways. Each definition focuses on diverse aspects and has been changing over the time. As a matter of fact, leadership is required in all organizations and it consists of a relationship between the leader and the group. There have been many studies concentrating on the topic of Professional Satisfaction, highlightening its relevance from an individual, group and social perspective. This research paper has been developed to assess nurses’ satisfaction as far the leadership style of the supervisor nurse is concerned. Based on this, a quantitative, transversal analytic-correctional study has been developed in a sample of 105 nurses (100 subordinated nurses and 5 supervisors). The vast majority of the subordinated nurses are female (81%), single (75%), graduated (95%), with an age average of 28,3 years old and performing their job less than 5 years. As far as the supervisor nurses are concerned, four are female and one is male. Their age average is 46 years old and they practice the job for around 23 years. They possess 10 years of supervising experience and have an average of 7,4 years of supervision in the service where they currently perform the job. The means used for the data collection was the questionnaire, specifically the “Questionário de Liderança em Enfermagem” - QLE (Loureiro 2006), which has been applied to supervisor nurses, the “Work Discriptive Index” - JDI (Warr e Routledge 1969, translated and adapted by J. Correia Jesuino, L. Soczka, J. Guerreira Matoso 1983) and “Short from Supervision Satisfaction Questionnaire” ( adapted from Munson 2000 by Garrido 2004), which has been applied to subordinated nurses. Results suggest that 49% of the nurses are highly satisfied with the supervision and only 13% expressed low or very low rates in terms of supervision satisfaction. 84% of the nurses revealed high levels of professional satisfaction whereas the lower levels of satisfaction appear at an organization level (as a whole) and with the medical assistance auxiliaries.One can conclude that the most positive results in terms of satisfaction were achieved by supervisor nurses that are particularly focused towards human relationships. On the contrary supervisor nurses more oriented towards the task obtained lower results. Moreover and regarding professional satisfaction, statistically significant changes have been observed at the level of the medical auxiliary sub-variables (p=0,015), of the promotion perspectives (p=0,030) and immediate superior (p=0,000). When analyzing the supervisor nurse control and influence, it has been noticed that there was no direct relationship between nurses’ satisfaction and supervision. As far as the professional satisfaction is concerned, one can observe that there are statistically significant changes in regards to the immediate superior sub-variable (p=0,001) and promotion perspectives (p=0,022).
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/10917
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
ICS(L) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Satisfação dos Enfermeiros face ao estilo de liderança - Ana Carolina Almeida - GSE.pdf1,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.