Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/10588
Título: Espaços verdes urbanos
Autor: Silva, Rafaela Filipa Lourenço Gouveia Correia da
Orientador: Carvalho, António da Silva Ferreira de
Byrne, Gonçalo de Sousa
Palavras-chave: Acessibilidade
Mobilidade
Espaços Verdes
Inclusão
Berna
Accessability
Mobility
Green Ares
Inclusion
Bern
Data de Defesa: 28-Nov-2012
Resumo: O nosso estudo é composto por uma componente teórica de investigação e por uma componente prática de projecto. Da primeira, consta uma componente teórica que constitui a base de sustentação das fases de projecto, das soluções e das opções apresentadas na proposta final A problemática em estudo, “acessibilidade e a mobilidade para todos”, constitui uma temática elementar a considerar, quando se projecta um espaço urbano para indivíduos com limitações ou para indivíduos sem ela pois, em qualquer momento da vida, qualquer cidadão poderá ser portador de uma mobilidade condicionada e estar dependente de um ambiente concebido para pessoas com necessidades especiais. Há que criar soluções arquitetónicas na cidade, que sejam de inclusão social de todos os cidadãos. Em sequência deste tema geral, surgiu a inclusão do subtema, “espaços verdes urbanos”, que consideramos de supremo valor na vida de todos os cidadãos, mas cujas acessibilidades, muitas vezes, são deficitárias. A vegetação, além de ser essencial para que exista equilíbrio entre a temperatura, a humidade e a poluição do ambiente, também constitui uma forte presença na vida do ser humano e uma grande importância na sua qualidade de vida. Os espaços verdes, nomeadamente, a vegetação arbórea deverá ser vista como sendo mobiliário urbano, podendo engrandecer o interesse a nível de embelezamento e estética dos espaços urbanos. Uma intervenção urbanística e arquitetónica, tendo em conta a envolvente, deverá ser inclusiva e potencializadora da vivência dos indivíduos presentes na sociedade. O nosso estudo prático envolve a realização de um projecto que consiste no desenvolvimento de uma proposta urbana realizada no âmbito do concurso internacional promovido pela Schindler Award, 2012, para uma zona da cidade de Berna, Suíça. No nosso desenho urbano, pretendemos que as barreiras na cidade sejam inexistentes e que todos os espaços possam ser acessíveis a todos, particularmente os espaços verdes, visto serem a união perfeita com a cidade. O edifício, alvo de desenvolvimento (“Drogenanlaufstelle”), pretende ser de apoio aos grupos de risco, logo, a função psicológica é mais decisiva do que parece. O ser humano tem necessidade de se sentir próximo da natureza, com vista ao seu bem-estar físico e psicológico.
Our study is composed by a theoretical component of investigation and by a practical component in the form of an actual project. From the former we draw the basis for the steps, solutions and options presented in the final proposition. The subject at hand, ‘accessability and mobility for all’, constitutes an elementar theme to consider when an urban space is projected, both for individuals with limitations as well as those without, as, at any given period of one’s life, one can see its mobility affected and depend on an environment conceived for those with special needs. Creating architectural solutions in the city that allow for the social inclusion of all citizens is a must. Along the lines of this general theme came the inclusion of the sub-topic ‘urban green spaces’, which we consider to be of the highest value in the lives of all citizes. The acessibility to said spaces, however, tends to be of low quality. As well as being essential for the balance between temperature, humidity and polution, vegetation also constitutes a strong presence in the life of the human being and is of great importance in its the quality of life. Green areas, namely arborean vegetation should be seen as a part of the urban environment, and can even enhance the interest from an embelishment of the urban spaces and its aestethics point of view. An urbanistic and architectonic intervention, bearing in mind the surroundings, should include and enhance the quality of life of the individuals in its society. Our practical study involves taking on a project that consists in the development of a urban proposition, put in place in the ambit of an international contest, promoted by Schindler Award 2012, for an area in the city of Bern, Switzerland. In our urban drawing we aim for the inexistence of barriers within the city and, therefore, full accessability for all, particularly for the green areas, as they should unite in perfection with the city. The building that is being develped (“Drogenanlaufstelle”), should be one of help to risk groups, making the psichological function therefore crucial, even more than one would think. The human being has the need to feel close to Nature, so as to maximise its physical and mental well-being.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/10588
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
DACT - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TRABALHO FINAL DE PROJECTO RAFAELA.pdf7,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.