Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/10506
Título: Cultura cigana e sua relação com saúde
Autor: Correia, Maria Fernanda Reimão
Orientador: Vieira, Margarida Maria da Silva
Data de Defesa: Set-2011
Resumo: O presente estudo visa conhecer a representação social que os utentes de etnia cigana têm do binómio saúde/doença e as implicações daqui recorrentes nas práticas de Enfermagem às suas famílias. Tratando-se de uma comunidade, cuja vivência ocorre em grupo, de acordo com uma determinada cultura, optou-se por um estudo de carácter etnográfico e exploratório, descritivo, indutivo e transversal. Foi utilizado o método de Spradley, o que permitiu recolher dados através da observação participante e de entrevistas, de carácter semi-estruturado, procedendo-se a uma análise de dados através dos diferentes domínios culturais identificados de acordo com o significado, que os utentes de etnia cigana atribuem às práticas de enfermagem na sua saúde e da sua comunidade em geral. Decorrentes da prática desta temática centralizam-se duas vertentes culturais como resultado do estudo, uma em que o utente de etnia cigana sente confiança nas práticas de cuidados do enfermeiro e outra em que o utente de etnia cigana não revê conhecimento sobre a sua cultura e, consequentemente, não confia nos cuidados prestados pelo enfermeiro. Tais sustentáculos conduzem às conclusões que os utentes de etnia cigana têm apreço pelos cuidados de enfermagem, considerando-os essenciais para a sua saúde. Porém, reconhecem que nem todos os cuidados necessários lhes são prestados e poderia existir mais significação cultural aquando da prestação dos mesmos. Estas conclusões confirmam a necessidade de os cuidados de enfermagem serem mais personalizados; para isto os enfermeiros precisam adquirir conhecimentos acerca da cultura cigana, respeitando-a e identificando as reais necessidades apresentadas pelos utentes desta comunidade.
The goal of this study is to determine social representation of gipsy ethnic patients that have from the health/sickness binomial as well as the implications in health care for them and their families. Being a community characterized by a group of people with a specific culture, it was established that the present study would be based on ethnicity, exploratory, descriptive, inductive and transversal criteria. For adequate study, a qualitative paradigm was used applying Spradley´s method which would allow for data collection through participant observation and interviews, although undertaking a semi-structured format, and data analysis by different cultural domains identified in accordance to what gipsy patients think of nursing practices in their health and that of their community. As a result from this study, two cultural aspects were focused on. The first showed that the patient from gipsy culture had confidence in health care provided by the nurse, while the second demonstrated that the gipsy origin patient did not recognize in the nurse knowledge of its culture and, therefore, had no confidence in the care provided by the nurse. Such results lead to the conclusion that patients of gipsy ethnicity appreciate health care provided by nurses, seeing them as professionals essential to their health, although recognizing that not all services are provided which, in the case of increase, would significantly improve their view towards the class. Through this study it has been shown that a greater personalization of health care is needed which, in this case, means increasing the knowledge of gypsy culture, respecting it and identifying its real needs presented by the patients of its community.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/10506
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
ICS(P) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ultima correcção_V17_FINAL.pdf721,52 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.