Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/10389
Título: Para uma semiótica do terror (branco): em torno de O Terrorista de John Updike
Autor: Mourão, José Augusto
Palavras-chave: Bem
Mal
Narrativa
Semiótica
Singularidade
Terror
Jihad
Narrative
Parable
Semiotics
Terrorist
Values
Data: 2007
Editora: Quimera
Citação: MOURÃO, José Augusto – Para uma semiótica do terror (branco): em torno de O Terrorista de John Updike. Comunicação & Cultura. Lisboa. ISSN 1646-4877. 4 (Outono-Inverno 2007) 31-42
Resumo: Este artigo analisa o romance de John Updike O Terrorista, na sua versão portuguesa, do ponto de vista estritamente semiótico. Chama-se a atenção para a estrutura narrativa da obra, que revela simultaneamente a sua estratégia e o sistema de valores em que assenta. O Terrorista é, ao fim e ao cabo, uma narrativa deceptiva, isto é, uma narrativa sem resolução. De facto, o seu grande mérito está na discussão da questão do terrorismo sem a resolver. Como compete, de resto, à Literatura.
This article analyses the John Updike novel The Terrorist, strictly from the semiotic point of view. We emphasize the narrative structure of this novel, which reveals both the strategy and the value system on which it is based. The Terrorist is, after all, a deceptive narrative, i.e., a narrative without resolution. In fact, the great merit of this novel is that it discusses the question of terrorism without resolving it.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/10389
ISSN: 1646-4877
Versão do Editor: http://cc.bond.com.pt/wp-content/uploads/2010/07/04_02_Jose_Augusto_Mourao.pdf
Aparece nas colecções:RCC - 004 - 2007 - Terror e terrorismos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
04_02_Jose_Augusto_Mourao.pdf104,51 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.