Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/10267
Título: Biomarcadores para o processo de malignização de lesões pré-malignas da cavidade oral
Autor: Nunes, Maria Isabel Durão
Orientador: Barros, Maria Tourais de
Rosa, Nuno Ricardo das Neves
Palavras-chave: carcinoma espinocelular oral
lesões pré-malignas orais
biomarcador
proteómica
Data de Defesa: Jul-2012
Resumo: O carcinoma espinocelular da cabeça e pescoço é um dos cancros mais comuns a nível mundial. Os principais factores de risco são os hábitos tabágicos e alcoólicos, associados a factores genéticos. A presença de lesões pré-malignas é também um factor de risco, uma vez que estas apresentam um potencial de malignização considerável. O carcinoma espinocelular da cavidade oral apresenta um prognóstico reservado e uma taxa de sobrevivência baixa, que agrava quando não é detectado atempadamente. Neste sentido, o diagnóstico precoce assume um papel fulcral na diminuição da taxa de mortalidade associada ao carcinoma espinocelular da cavidade oral. A identificação de biomarcadores específicos para detecção precoce destas lesões assume um papel essencial, permitindo uma intervenção atempada pelo Médico Dentista. O trabalho realizado no âmbito da presente dissertação permitiu a catalogação de todas as proteínas que foram identificadas na bibliografia como estando associadas a lesões pré-malignas e a carcinoma espinocelular criando-se para o efeito uma base de dados dedicada a cancro oral. Partindo da base de dados gerada e fazendo recurso de ferramentas bioinformáticas, foi possível identificar os processos biológicos e vias de sinalização celular em que participam as proteínas identificadas como estando presentes em quantidades alteradas e que poderão constituir potenciais alvos de estudo em futuras pesquisa de biomarcadores para o processo de malignização das lesões pré-malignas. Os resultados obtidos com este trabalho permitiram igualmente uma avaliação crítica dos biomarcadores já propostos na literatura para cancro oral.
Head and neck squamous cell carcinoma is one of the most common types of cancer worldwide. The major risk factors are smoking and drinking habits, associated with genetic factors. The presence of pre-malign lesions, with high malignization potential, is also one important risk factor. The squamous cell carcinoma has a bad prognosis and a low survival rate, which are worsened when an early diagnosis isn’t achieved. Therefore, an early diagnosis plays a central role in lowering the mortality rate associated to oral squamous cell carcinoma. The identification of specific biomarkers for early detection of pre-malign lesions plays an essential role, allowing timely intervention by a dentist. This dissertation allowed the organization of the proteins associated with oral pre-malign lesions and oral squamous cell carcinoma, already identified in other works. The application of bioinformatics tools to the preview information allowed the determination of the biological processes and pathways associated with malignization, thereby highlighting which proteins could be of interest for future research for the discovery of new biomarkers. Moreover, the results of this work also gave an opportunity for reviewing the biomarkers already proposed in existing literature
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/10267
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
DCSV - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
finalissima.pdf2,84 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.