Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/10241
Título: Paroisses et mouvements: une tension postconciliaire?
Autor: Routhier, Gilles
Palavras-chave: paróquias
movimentos eclesiais
Vaticano II
laços sociais
espaços eclesiais
parishes
ecclesial movements
Vatican II
social ties
ecclesial spaces
Data: 2012
Editora: Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa
Citação: ROUTHIER, Gilles - Paroisses et mouvements: une tension postconciliaire? Didaskalia. Lisboa. ISSN 0253-1674. 42:2 (2012) 29-47
Resumo: Os movimentos eclesiais ocupam actualmente um lugar importante na Igreja católica. Pode-se mesmo considerar que a «Igreja dos movimentos» assumiu o controle, neste período de modernidade avançada, contrapondo-se à «civilização paroquial» que marcou o catolicismo durante séculos. A «Igreja carismática» vem em socorro da «Igreja hierárquica» que se debate agora com dificuldades. Este artigo examina a tensão entre paróquias e movimentos que é largamente resultante da emancipação do indivíduo em relação ao território e da construção de novos espaços vivenciais. Consequentemente, emerge a tendência em construir a Igreja a partir da afinidade e da similitude (de meio, idade, opções...) mais do que a partir da inscrição num dado território. Esta tensão, contudo, manifesta-se já antes do Concílio, insinua-se nos debates conciliares antes de dar um salto, nos últimos anos, com a explosão dos movimentos.
Ecclesial movements currently occupy an important place in the Catholic Church. One may even consider that the ‘Church of movements’ has taken control in this period of advanced modernity, in opposition to the ‘parochial civilisation’ that marked Catholicism for centuries. The ‘charismatic Church’ comes to the help of the ‘hierarchical Church’, which is now struggling with some difficulties. This article examines the tension between parishes and movements that has broadly-speaking arisen from the emancipation of the individual in relation to territory and the construction of new living spaces. There emerges, as a consequence, a tendency to build the Church on the basis of affinity and of similarity (of means, age, choices…) more than on the basis of belonging to a given territory. This tension, however, already manifested itself prior to the Council, and infiltrated the Conciliar debates before making a leap forward in recent years with the explosion of movements.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/10241
ISSN: 0253-1674
Aparece nas colecções:RD - 2012 - Vol. 042 - Fasc. 2

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
pp. 29-48_Gilles Routhier.pdf290,88 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.