Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/10200
Título: Metodologia de documentação e análise espacial em conservação de pintura
Autor: Henriques, Frederico José Rodrigues
Orientador: Manuel, Ana Maria Calvo
Gonçalves, Alexandre Bacelar
Palavras-chave: Documentação
Métodos de Exame e Análise
Fotogrametria
Sistemas de Informação Geográfica
Métricas de Paisagem
Fotointerpretação
Documentation
Technical Analysis
Photogrammetry
Geographic Information System
Landscape Metrics
Photo Interpretation
Data de Defesa: 2013
Resumo: No âmbito das Tecnologias de Informação Geográfica é feito frequentemente o estudo da superfície terrestre por meio de vários processos de aquisição, processamento e análise de informação espacial referente aos mais variados fenómenos. No entanto, a abstracção dos modelos e métodos utilizados com esse fim permite que estes possam ser ensaiados também na análise espacial de quaisquer outras superfícies, como por exemplo, em imagens digitais de pinturas. Esta extensão do domínio tradicional das TIG permite quantificar múltiplas características espaciais das superfícies analisadas com interesse na documentação para Estudos de Património. Nesta tese apresentam-se algumas perspectivas da aplicação de Sistemas de Informação Geográfica (SIG) na análise espacial de pinturas, com o objectivo de documentar fenómenos da superfície, bem como resultados do respectivo processo de classificação da imagem e de análise com métricas de paisagem. Apesar de as escalas dos objectos de estudo serem evidentemente diferentes dos dois domínios de conhecimento, a representação e a análise das pinturas podem ser feitas com métodos utilizados geralmente na caracterização da superfície terrestre, tornando-se úteis no processo documental de Conservação, na visualização e quantificação do espaço pictórico.
In the framework of Geospatial Technologies (GT) the study of the terrestrial surface through various processes of acquisition, processing and analysis of spatial information, related to the most varied phenomena, is often done. However, the abstraction of models and methods used for this purpose allows their application in the spatial analysis of any other surfaces, such as the digital images of paintings. This extension of the traditional field of GT allows quantifying multiple spatial characteristics of the surfaces interesting in the documentation for Heritage Studies. Despite the clearly different scales between the objects of the study of the two domains of knowledge, the representation and analysis of paintings can be performed with methodologies generally used to characterise the terrestrial surface, being useful in the documentation process for Conservation, especially in the visualisation and in the pictorial spatial quantification. The thesis presents some perspectives on the application of Geographic Information Systems (GIS) in the spatial analysis of paintings, aiming to document surface phenomena, as well as the results of processes of classification and image analysis with landscape metrics.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/10200
Aparece nas colecções:R - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses
EA - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.