Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/10115
Título: Designing instruments towards networked music practices
Autor: Makelberge, Nicolas Alexander
Data de Defesa: 27-Jun-2012
Resumo: It is commonly noted in New Interfaces for Musical Expression (NIME) research that few of these make it to the mainstream and are adopted by the general public. Some research in Sound and Music Computing (SMC) suggests that the lack of humanistic research guiding technological development may be one of the causes. Many new technologies are invented, however without real aim else than for technical innovation, great products however emphasize the user-friendliness, user involvement in the design process or User-Centred Design (UCD), that seek to guarantee that innovation address real, existing needs among users. Such an approach includes not only traditionally quantifiable usability goals, but also qualitative, psychological, philosophical and musical such. The latter approach has come to be called experience design, while the former is referred to as interaction design. Although the Human Computer Interaction (HCI) community in general has recognized the significance of qualitative needs and experience design, NIME has been slower to adopt this new paradigm. This thesis therefore attempts to investigate its relevance in NIME, and specifically Computer Supported Cooperative Work (CSCW) for music applications by devising a prototype for group music action based on needs defined from pianists engaging in piano duets, one of the more common forms of group creation seen in the western musical tradition. These needs, some which are socio-emotional in nature, are addressed through our prototype although in the context of computers and global networks by allowing for composers from all over the world to submit music to a group concert on a Yamaha Disklavier in location in Porto, Portugal. Although this prototype is not a new gestural controller per se, and therefore not a traditional NIME, but rather a platform that interfaces groups of composers with a remote audience, the aim of this research is on investigating how contextual parameters like venue, audience, joint concert and technologies impact the overall user experience of such a system. The results of this research has been important not only in understanding the processes, services, events or environments in which NIME’s operate, but also understanding reciprocity, creativity, experience design in Networked Music practices.
É de conhecimento generalizado que na área de investigação em novos interfaces para expressão musical (NIME - New Interfaces for Musical Expression), poucos dos resultantes dispositivos acabam por ser popularizados e adoptados pelo grande público. Algum do trabalho em computação sonora e musical (SMC- Sound and Music Computing) sugere que uma das causas para esta dificuldade, reside numalacuna ao nível da investigação dos comportamentos humanos como linha orientadora para os desenvolvimentos tecnológicos. Muitos dos desenvolvimentos tecnológicos são conduzidos sem um real objectivo, para além da inovação tecnológica, resultando em excelentes produtos, mas sem qualquer enfâse na usabilidade humana ou envolvimento do utilizador no processo de Design (UCDUser Centered Design), no sentido de garantir que a inovação atende a necessidades reais dos utilizadores finais. Esta estratégia implica, não só objectivos quantitativos tradicionais de usabilidade, mas também princípios qualitativos, fisiológicos, psicológicos e musicológicos. Esta ultima abordagem é atualmente reconhecida como Design de Experiência (Experience Design) enquanto a abordagem tradicional é vulgarmente reconhecida apenas como Design de Interação (Interaction Design). Apesar de na área Interação Homem-Computador (HCI – Human Computer Interaction) as necessidades qualitativas no design de experiência ser amplamente reconhecido em termos do seu significado e aplicabilidade, a comunidade NIME tem sido mais lenta em adoptar este novo paradigma. Neste sentido, esta Tese procura investigar a relevância em NIME, especificamente nu subtópico do trabalho cooperativo suportado por Computadores (CSCW – Computer Supported Cooperative Work), para aplicações musicais, através do desenvolvimento de um protótipo de um sistema que suporta ações musicais coletivas, baseado nas necessidades especificas de Pianistas em duetos de Piano, uma das formas mais comuns de criação musical em grupo popularizada na tradição musical ocidental. Estes requisitos, alguns sócioemocionais na sua natureza, são atendidos através do protótipo, neste caso aplicado ao contexto informático e da rede de comunicações global, permitindo a compositores de todo o mundo submeterem a sua música para um concerto de piano em grupo num piano acústico Yamaha Disklavier, localizado fisicamente na cidade do Porto, Portugal. Este protótipo não introduz um novo controlador em si mesmo, e consequentemente não está alinhado com as típicas propostas de NIME. Trata-se sim, de uma nova plataforma de interface em grupo para compositores com uma audiência remota, enquadrado com objectivos de experimentação e investigação sobre o impacto de diversos parâmetros, tais como o espaço performativo, as audiências, concertos colaborativos e tecnologias em termos do sistema global. O resultado deste processo de investigação foi relevante, não só para compreender os processos, serviços, eventos ou ambiente em que os NIME podem operar, mas também para melhor perceber a reciprocidade, criatividade e design de experiencia nas práticas musicais em rede.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/10115
Aparece nas colecções:R - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses
EA - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Thesis_Makelberge(Final).pdf2,63 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.